Automação residencial sem fio com Arduino + Raspberry PI


#1

Olá Pessoal,

Sou novo aqui no fórum e entrei há alguns meses no “movimento” :slight_smile: Já tenho experiênca em projetos de software open source e trabalho como desenvolvedor de software (especializado em jogos) já há mais de 10 anos. E sempre gostei de fazer coisas :slight_smile:

Como também tenho um conhecimento de eletrônica básica e queria conhecer o mundo do Hardware open source, dei início a um projeto que tinha na cabeça já algum tempo e acho que todos já pensaram em fazer também em algum momento de suas vidas. Automação residencial.
Daí criei uma pequena placa que junta um Arduino PRO Mini com um módulo de RF rodando um protocolo que desenvolvi e chamei de Radioino, de forma que agora ficou fácil para mim automatizar qualquer coisa aqui em casa, sem fio. Um pequeno servidor rodando no Raspberry PI dá conta da “inteligência” da casa e do acesso via internet.

Dias atrás fiz uma pequena apresentação do projeto para um grupo de usuários de SP. Quem quiser saber mais é só assistir:

O PPT está aqui: http://pt.slideshare.net/jalfbr/radioino

Está tudo no Github ( https://github.com/jalf/radioino ) e qualquer dica/ajuda será bem vinda :slight_smile:

Estou no momento montando uma router CNC e até o fim do ano uma impressora 3D para poder avançar em mais módulos para o projeto.

Abraços a todos e feliz de ter encontrado esse fórum!

[]'s
Jalf


#2

Aliás, uma pergunta…alguém sabe como alimentar um arduino usando apenas um fio (sem o retorno) da linha de corrente alternada da casa?
Porque uma etapa muito chata é que em algumas caixas de interruptores, não há o retorno e toda vez que preciso ligar a fonte para alimentar o arduino preciso chamar um eletricista para ele puxar o retorno…aí complica muito o fator ‘hackeável’ da coisa :smile:


#3

Você diz um netro? Como em uma tomada?

Não vejo possibilidade como alimentar um aparelho só com o positivo, por que o circuito precisa de uma referência para a tensão… pra fechar o circuito precisa de um positivo (ou negativo), e uma referência.

A minha solução pra não mexer em nada é só usar uma tomada mesmo…


#4

Eu também achava que sim, mas olha isso:

E olhando em algumas lojas, você encontra alguns interruptores “inteligentes” que funcionam sem o fio de retorno!


Fazendo PCBs caseiras
#5

Eu acho difícil existir esse tipo de coisa. Esse interruptor deve usar pilhas ou bateria. Pelo que sei, deve existir um circuito para ligar/desligar o interruptor, e ele deve sempre receber energia. Se ele receber alimentação do mesmo circuito do interruptor, quando desligar, não ligará mais. :slight_smile:
Uma idéia seria integrar uma bateria com um carregador alimentado pela rede enquanto o interruptor estiver ligado. Mas se ficar desligado muito tempo a bateria acaba… é um problema curioso…


#6

Pois é…acho que deve ter algum tipo de bateria que é alimentada quando o circuito fecha, sei lá…
Enfim, quem souber como isso é feito, o tópico está aberto :slight_smile:


#7

amigo, o mais fácil, simples e barato, é vc colocar o módulo controlador de lâmpadas, na caixa da lâmpada, e puxar um cabinho duas vias da lâmpada para um pulsador na tomada. E este módulo controlador utilizar um nrf24l01 (módulo wifi) em cada módulo de lâmpadas… sobre os módulos que vc exemplificou, eles não utilizam somente um fio, o esquema que eles postaram, é o de um interruptor convencional por chave táctil… pode contar comigo, estou em estudos “avançados”, inclusive com meu raspberry pi rodando um pabx baseado em asterisk com um chan_dongle utilizando um modem 3g. meus próximos passos, serão montar os módulos “acessórios” (lâmpadas, tomadas, sensores de aberturas de portas, etc.), concordo em gênero número e grau com vc quando cita o “fator esposa”, a minha fica louca quando eu comento com ela sobre meus planos de automatizar nossa casa…
segue um vídeo do que consegui até a gravação deste…


#8

Olá @Augusto_Diniz_Lisboa, parece bem legal seu projeto :smiley:

O problema para mim é justamente ‘puxar o fio’. Quero fazer algo o mais simples de instalar possível, sem necessariamente mexer na instalação pré-existente, entende?
A ideia é colocar tudo dentro da caixa do interruptor (4x2) da parede mesmo.
Meu maior problema ainda é fazer tudo caber dentro dessa caixa e ainda ter espaço para futuras expansões (já que quero algo ‘hackeável’ ) e ser algo seguro, que não estrague (já viu que podem aparecer ninhos de formiga dentro da caixa?!) e robusto. A parte de software e infraestrutura para mim é o menor dos problemas :slight_smile:

Vamos trocando ideias…


#9

então, vou exemplificar melhor a minha idéia para automação residencial, no exemplo que vc colocou, nesta imagem, http://u.jimdo.com/www16/o/s6481ce8d285b4cc3/img/i7ba485292f6a5d39/1279265735/std/description-of-switch.jpg

vc vai utilizar um relê, e “tentar” encaixar tudo dentro da caixinha 4x2, vai ser árduo, mas não é impossível, o problema vai ser ailmentar a unidade lógica (microcontrolador/arduino/outro), visto que vc tem somente uma fase passando pela caixinha 4x2, eu vi um projeto intetessantíssimo , inclusive, vi que vc deu as dicas para o Helio Camilo, do blog http://arduinoautomacao.blogspot.com.br/, como esse mundo é pequeno…


#10

Meu caro amigo jalf, acabei de ter uma idéia, que talvez seja interessante, ela seria um “meio termo” entre nossas idéias, o módulo de controle seria colocado na caixa 4x4 das lâmpadas,com um receptor 433Mhz e com um nrf24l01, informando á unidade de controle central, o estado da lâmpada (para um aproveitamento melhor, pode-se colocar facilmente sensores de movimento e com isso vc tem um alarme pré-montado), e na caixinha 4x2, vc coloca um circuito simples de controle 433mhz, alimentado por bateria 12v, visto que a autonomia destes é de 1 ano com essas baterias, sendo que a função deste seria somente dar um pulso e informar que a lampada deve acender, ou apagar, a umidade de lampadas que vai receber o comando por 433mhz, vai se encarregar de avisar via nrf24l01 a unidade central para “registro no sistema”, e poder informar ao usuário o estado na lampada, caso ele monitore e queira controlar também pelo celular,/pc/tablet


#11

@Augusto_Diniz_Lisboa é uma boa ideia, porém eu penso que é necessário que a coisa seja SIMPLES, ou seja, instalar isso envolveria uma mão de obra maior do que eu gostaria de realizar. Acho que a meta de tentar por tudo dentro da caixa 4x2 é viável; Se começarmos a ‘espalhar’ a solução vai acabar ficando complicado.
Eu já estou testando uma nova placa, onde coloquei um ‘arduino’ (um atmega, cristal,etc) junto com o chip RF e fonte de alimentação. Cabe dentro da caixa e ainda sobra um pouco de espaço. Vou colocar ela aqui depois pra gente discutir.


#12

Sobre a alimentação, acho que é um problema já resolvido. Comprei algumsa fontes isoladas bem pequenas na china:

http://www.dx.com/p/isolated-switching-power-supply-module-green-12v-400ma-237434

São bem pequenas, isoladas e bi-volt. Na placa que estou fazendo ela se encaixa como um módulo, então podem ser trocadas facilmente.


#13

um “problema” desta que vc postou, é que ela é 12v,


#14

Ahh…erro meu :slight_smile: tem de 5v,6v, etc…mas o tamanho é o mesmo :slight_smile:


Adeus Arduino, Olá ESP8266!
#15

Desculpe a ignorância, mas essa fonte no caso funciona sem o neutro? Como ficaria a ligação?


#16

Mas essa fonte tem fase/neutro como uma tomada normal…


#17

Salve Jalf,

Como vai o seu projeto de automação residencial ? Realmente, o “fator esposa” é crítico. Ela deixa que eu automatize à vontade, DESDE que eu não mexa com a estética da casa :smiley:

Estou começando agora, e fico preocupado com o alcance para comunicação sem fio.


#18

Você chegou a pensar nesse projeto sem o raspberry e usando o ethernet shield?
Estou tentando isso mas parece (no meu caso) haver incompatibilidades de bibliotecas.
Sei que existe comercialmente o que penso mas não achei o sketch (ou
escondem).
Você tem alguma dica para mim? Ou onde acho ajuda?
Ainda não achei na Internet. Falam que tem, é possível, mas…???


#19

No MEU caso, um arduino não tem poder suficiente para rodar tudo o que é preciso para coordenar a automação, por isso o RPi.
Sobre as bibliotecas, você tem de procurar de acordo com o chip usado no shield. Cada chip é uma coisa…


#20

Bom dia! Sou novo aqui no fórum e gostaria de saber como configurar o RF na Raspberry.