Comprei uma impressora 3d, e a gora?


#1

Artigo divertido: https://medium.com/o-futuro-e-agora/comprei-uma-impressora-3d-86e1e807c2b

E aí, quem se identifica?


#2

Sinceramente, um texto inteiro em forma de diálogo é extremamente cansativo, eu simplesmente não aguentei ler tudo, mas do muito que eu ainda li, deu para pegar a idéia do texto: Ele tenta elencar vários pontos negativos da chamada impressão 3D, inclusive colocando detalhes que nada tem a ver com o aparelho em si, mas principalmente com a “inteligência” do personagem, que adquiriu um produto sem ter nenhum objetivo em mente, comprando pelo hype e com um hardware que, pelo que dá a entender, não aguenta o trabalho que ele deseja realizar.

Acho que aqui, poucos devem se identificar com isso, acho bem mais interessante às pessoas que tem dúvidas sobre impressão 3D e desejam, por algum objetivo bem elaborado e necessário, assistirem o vídeo do @patola que é bem mais esclarecedor e imparcial que este texto cansativo.


#3

Que LIXO de texto! Como não envolve nenhum termo do mundo da impressão 3D e o workflow também não corresponde à realidade de quem faz isso (por exemplo, com a menção da tal “fila de impressão” que não existe, pois cada impressão demora horas e é necessário intervenção manual a cada uma), só posso concluir que o autor tirou esse texto do orifício mais aromático de seu tubo digestivo pra poder fazer graça enquanto advoga a ideia que a tecnologia ainda “não está pronta”. Ridículo, medonho, tentativa de autopromoção às custas de profissionais bem-intencionados do assunto que a cada dia tornam a tecnologia mais acessível e barata às
pessoas comuns.

Não há quase nenhuma crítica relevante à impressão 3D em si - o mais perto que chega disso é mencionar que as impressões (de plástico) são feitas em apenas uma cor - apenas descreve uma situação em que o operador da impressora se embanana com o software. E dado que os softwares de impressão 3D também não são difíceis como ele mostra, suspeito que a confusão hipotética tem chance zero de acontecer na vida real.

Apenas mais do mesmo - pessoas que acham que espinafrar tudo o que se vê, especialmente o que não se conhece, lhes rende algum status de sensatas. A ideia de que o FILAMENTO (termo não utilizado pelo imbecil) é caro não podia ser mais errada, o vídeo que eu fiz tem dezenas de exemplos mostrando o custo de cada objeto - por exemplo, um quilo de ABS de 110 reais é suficiente pra fazer 50 garrafinhas de 200ml com tampa. E eu consigo comprar a 85 reais em promoções. Agradeço ao sksdutra por ter postado o vídeo no fórum


#4

É uma palhaçada esse artigo, fica evidente que o autor não sabe utilizar a impressora e nem leu o manual. Sem contar o desconhecimento em informática.Já vi muuuitos brinquedos e milhões de utensilios domésticos, ha ainda os objetos usados em palestras e em salas de aulas…Bem legal o video do sr. @sksdutra !!!