Construção de um relé caseiro


#1

Tem algum tempo que eu venho pesquisando e testando, (descobrindo na verdade) uma forma de construir um relé caseiro, com base no que eu encontrei na internet construí vários protótipos para testar materiais e métodos de montagem, cheguei um relé do tamanho de um relé comprado, mas to com um problema o comum do relé “vibra” (não fecha contato com o NC) acreditava ser problema na bobina então refiz mas não era, troquei a fonte e funcionou só não entendo o que eu fiz acredito ser por que a fonte que eu tava usando pode ser chaveada ai a bobina fica vibrando mas em um relé comum isso não acontece, troquei a fonte por uma de celular e funcionou. Alguém tem ideia por que não funcionou da primeira vez ? vcs tem alguma dica pra melhorar o projeto?


#2

Use diodos retificadores,e um capacitor, o que causa a vibração são os pulsos da corrente alternada, o teste que comprova isso voce ja fez, a fonte do celular é de corrente continua.


#3

Entendi, mas a fonte que deu problema era dc, sera que ela está gerando pulsos de corrente alternada? tenho umas imagens do relé estou tentando construir um bom relé pra fazer um somador de 1 bit ou portas logicas ainda não sei.(imagens). Obrigado por sua resposta.


#4

Provavelmente o sinal filtrado estava apresentando um ripple muito elevado para as características da bobina do relé. Somente observando o sinal da fonte para ter certeza absoluta.

Creio que a resiliência magnética da bobina estava muito baixa e com a ondulação do sinal, mesmo que mínima, estava fazendo o contato vibrar muito.

Outra coisa que pode, talvez, ser melhorada é o k da mola de retorno. Por que? A força que a mola impõe ao contato deve ser adequada a força que a bobina exerce sobre o contato móvel.

Tem como verificar e informar a corrente que a bobina exige da fonte?

Abraços.


#5

Eu fiz vários testes mas como eu uso fontes e não pilhas a coisas acabaram complicando, testei com varias fontes, as que deram problema foi uma de 6v e 300mA e outra uma hp de 15v 530mA e as que deram certo, uma Motorola 5v 550mA e uma samsung 5,1v cheguei ate a tirar a bateria de 9v do meu multímetro mas por algum motivo não funcionou (acho que ela estava fraca) mas se eu conseguir resolver esse problema ele vai funcionar ele é do tipo SPDT e estou tentando construir da forma mais simples possível mas que não seja montado em uma base de madeira como tem projetos na internet.Eu consegui tenho o modelo só preciso descobrir se esse e um problema de montagem ou de alimentação.


#6

O Wagner tem razão, vendo agora a bobina, me parece que pela quantidade de espiras ela esta criando uma resistencia baixa e consequentemente um consumo alto de energia.
Da uma pesquisada sobre a bitola do fio e a quantidade de espiras da bobina, podes ter uma ideia observando uma bobina de um rele da mesma voltagem.


#7

Eu usei fio 28 e era pra ser 500 voltas mas facilitar usei 5 metros, será que se eu usar um fio mais fino pode ajudar ? Qual seria o melhor ?.


#8

O @vanderleiborges tem toda a razão.

Como o fio que você utilizou foi o 28 que tem aproximadamente 0,21 Ohms/m em 5 metros a sua bobina ficou com algo próximo de 1 Ohm de resistência, o que é muito baixo.

Você citou que a única fonte que fez funcionar foi a de 5V / 550mA ou (0,55 A) o que no meu entender forneceu corrente suficiente para gerar campo magnético suficiente para atrair o contato móvel.

Se você utilizar um fio mais fino, tipo 32, que tem uma resistência de 0,54 Ohms/m para a mesma quantidade de metros (5m) a bobina vai ter uma resistência final de 2,7Ohms e provavelmente vai necessitar de uma corrente menor para gerar a mesma força do campo magnético para puxar o contato móvel.

Encontrei nesse site uma maneira simples de calcular a força que a bobina irá exercer no contato móvel. Creio que se você tiver a noção da força pela corrente que vai passar na bobina vai facilitar na hora dos testes.

Abraços.


#9

Muito obrigado, vou ver como posso melhorar a bobina, ajudou bastante,isso realmente esta acontecendo eu medi e comparado a um relé que eu tenho aqui a resistência da bobina está muito baixa, não entendo muito de eletrônica só um pouco de circuitos digitais então obrigado pela ajuda.Abraço


#10

@Chfr, não se intimide pela eletrônica. Pergunte o que precisar, se eu tiver condições ajudarei no que for possível.

Achei superinteressante esse seu projeto. Não deixe de postar seus avanços.

Abraços.


#11

Eu troquei o fio usei um 31 funcionou mas não como o esperado já que não quero que o comum encoste no núcleo da bobina, deixei o espaço como eu queria e testei com uma fonte de 18A funcionou também mas esquentou muito, acredito que se eu quiser utilizar somente 5 metros de fio e não fazer a bobina esquentar tenho que usar uma fonte de uns 2A, agora estou procurando na internet um circuito simples pra poder montar, se tiverem algum circuito agradeço.


#12

@Chfr, sim vai esquentar porque a potência dissipada pelo fio foi alta.

O fio 31 tem uma resistência de 0,43 Ohms/m e se você enrolou os mesmos 5 metros de antes a resistência do fio na bobina era de 2,15 Ohms. A corrente atravessando a bobina de 18A a potência dissipada foi algo em torno de 696 W (extremamente elevada).

Creio que você deve ter desligado rapidamente pois além de tudo deve ter saído uma fumacinha do relé, rs.

O certo é você fazer o acionamento do relé controlando a corrente que atravessa ele, até para poder ter uma parâmetro de calculo futuro.

Eu aconselho você a usar um circuito bem simples mesmo onde você controla a corrente e não a tensão entregue a bobina.

O LM350 pode suportar as correntes que talvez você precise. Dá uma olhada no data sheet

Nos circuitos de exemplo tem um regulador de corrente (se não me engano Figura 32) e pode ser que ele seja bem útil a você.

Abraços.


#13

Nesse circuito eu regulo a corrente pelo resistor variável ou ela é fixa? 2A é suficiente?


#14

@Chfr, sinceramente não sei se 2A seriam suficientes, tenho muito pouca informação acerca de seu projeto. Creio que é muito essa corrente. Normalmente em relés de pequeno porte essa corrente é da ordem de 0,5A podendo chegar a 1A.

Quanto ao circuito, sim, você vai regular a corrente fornecida à bobina e “sentir” quanto de corrente será exigida pelo eletroímã para mover o contato.

Depois é só medir a queda de tensão sobre a bobina que dá para saber através de cálculos se tudo está dentro do esperado.

Vou tentar encontrar um circuito eletrônico que seja adequado a seus testes e volto a postar.

Abraços.


#15

Eu estava procurando algum regulador nas minhas placas que tiro componentes e achei um AN7810, pelo que eu entendi do datasheet é um regulador mas não tenho certeza, se for posso usar o mesmo circuito do LM350 ?


#16

@Chfr, não pode usar o mesmo circuito do LM350.

Esse componente é um regulador de tensão de 10V. Você pode utilizar ele para garantir uma tensão de 10 Vdc fixa na bobina, mas acho importante você conhecer a corrente que sua bobina irá drenar para não queimar o regulador que suporta 1A.

Como você tem uma bobina com aproximadamente 2 Ohms o certo seria você ter uma tensão da fonte em torno de 5 ou 6 Volts para que a corrente seja pequena na bobina.

Só agora que eu percebi que eu não tive acesso as fotos postadas por você. Tem como postar uma foto da montagem aqui dentro do forum?

Abraços.


#17

Essas são as fotos, ainda é um protótipo, a ideia e conseguir fazer um relé da foma mais fácil e com materiais simples, claro que vou dar uma modificada, mas agora o núcleo é um parafuso e a armadura aqueles metais de trafo, nessa imagem ele esta com bobina 28 mas agora esta com a 31. Os contatos são fios de cobre duros dobrados em forma de L e estão presos a armadura pelo mesmo material do comum (aqueles metais de calendário), ele é isolado por fita transparente. Para deixar ele melhor a armadura vai ser feita em uma unica peça e não de duas partes presas com porca. Os contatos iram ser presos de outra forma (pensei em plastico injetado mas fica complicado por que ai teria que procurar o projeto de uma injetora. se tiver alguma dica agradeço). A bobina quero montar separado e rebitar ela na armadura. O comum vai ser do mesmo material mas só que novo. Tenho as dimensões para você ter uma ideia (15 mm de largura, 25 mm de comprimento, 40 mm de altura). Bom esse é o projeto se tiver alguma dica de como ele pode mudar.


#18

@Chfr, gostei da sua iniciativa está excelente. Já trabalhei muito com reles, principalmente os da Metaltex, mas nunca tinha visto um deles feito em casa, rs.

Muito bom o seu trabalho, não tenho nada a acrescentar quanto aos processos construtivos que você vem utilizando. É para ser assim mesmo e com o tempo vai se aperfeiçoando e criando técnicas que melhoram o resultado, apesar de eu achar que já está muito legal.

O único conselho que eu teria é você ir tentando calcular os parâmetros do seu relé, nada muito profundo, mas sempre é bom ter uma ideia do que esperarmos.

Outra coisa que posso dizer é que eu imagino que existam carreteis plásticos que podem servir de base para sua bobina, só não sei se é simples de encontra-los no mercado nas dimensões do seu projeto ou próximo disso.

Se não, continue assim que uma hora você encontra o material mais adequado a sua necessidade.

Abraços.


#19

A ideia é essa mesmo ir melhorando o projeto, o modelo que eu encontrei fiquei uma semana pensando nele começou com a ideia de copiar aqueles reles antigos de elevador e central telefônica, eu comecei com um alicate e um pedaço de metal ai consegui chegar no modelo, agora só resolver o problema da bobina e o suporte dela (a ideia do carretel é boa vou ver o que eu consigo), depois só descobrir uma forma de prender os contatos.
A ideia inicial e fazer portas logicas e depois um somador mas conseguindo realizar o relé as possibilidades são infinitas. Agradeço pela ajuda já que não entendo de eletrônica, estou me formando em mecânica da eletrônica só tenho uma base.


#20

Poxa @Chfr se em mecânica você está assim montando portas lógicas com relés, imagino se você estivesse se formando em eletrônica, rs.

Mas é assim, com foco e determinação dá pra ir muito longe mesmo.

Bom eu conheço um pouco de portas lógicas e se precisar de alguma ajuda no futuro eu topo a empreitada.

No mais, se eu em minhas andanças pela web encontrar algo que possa ser interessante para seu projeto eu posto por aqui. No momento estou tentando vislumbrar algo que tenha utilidade para a base da bobina.

Abraços.