Dúvida com deadstrip em Raspberry - Autorama


#1

Olá pessoal, tudo bem?

Sou novo utilizando o Raspberry, e precisaria de ajuda de vocês se possível.
Estou precisando desenvolver um projeto de leitura de voltas em um autorama utilizando deadstrip.

Pra quem não conhece, deadstrip consiste am fazer uma pequena secção nas pistas, como ilustra a imagem abaixo:

Sei que quando o carro está na região de detecção o circuito fecha, então poderia fazer um circuito tipo pushbutton e ler a entrada, o problema é que quando o carro passa ele está com o motor girando, e o próprio motor produz corrente.

A pergunta é, como eliminar essa interferência (crosstalk) do motor para que não entre uma corrente mais alta do que o canal aceita.

Desde já agradeço.


#2

Que tal colocar uma ponte retificadora, um capacitor e um resistor de descarga ligados às dead strips?
Além disso, se necessário, dois resistores extras para limitar a tensão ?


#3

Ludicon,

A pista tem tensão máxima de 14v.
O que pensei for fazer o seguinte, usar um capacitor eletrolítico 10microF/16V em paralelo para desacoplar o qualquer ruído que venha da pista, depois ligar um resistor junto a um diodo zener de 3.3v, assim terei a certeza que a tensão não passaria disso.

Mas como funcionaria isso na GPIO? Ela consegue identificar qualquer variação de corrente na entrada como RISING por exemplo, ou precisa ser exatamete 3.3v?


#4

Isso eu não sei te dizer, não lido diretamente com o Raspberry.
O que eu te digo com certeza é para usar um capacitor com pelo menos o dobro da tensão nominal da pista, por conta dos spikes de tensão gerados pelo motor. Eu pessoalmente usaria um de 35V ou até mesmo de 50V.
A idéia do zener é legal, mas não sei te dizer quanto à forma do sinal. Não esqueça de descarregar seu capacitor num tempo menor que o esperado para a próxima volta.
Pode também acrescentar um cerâmico de 100 nF em paralelo com a pista para filtrar os ruídos de alta frequencia.


#5

Já pensou também em usar um conjunto de LED e fotodiodo, ou até mesmo um optoacoplador ? Com certeza a tensão gerada pelo motor ao passar na deadstrip pode acionar um LED.


#6

Infelizmente não posso, pois a estrutura não permite. Preciso primeiramente tentar o deadstrip, caso não consiga êxito ai tentaria outras maneiras. A ideia do foto emissor é muito mais simples, pois nesse caso poderia usar a ideia de pushbutton mesmo, já que não tem interferência externa.


#7

Quando falei em LED e fotodiodo me referi à deadstrip mesmo, não a barreira ótica.
Falei no sentido de acoplar o LED à deadstrip e usar um fotodiodo polarizado da maneira correta para acionar o pino de entrada.


#8

Ah sim, agora entendi. Pode ser uma opção, o único problema é que, como lá é uma pista grande de autorama, teria que fazer manutenções para sempre manter limpo, para que a poeira não possa interferir na leitura das voltas.


#9

E por que você não pensa em um sensor de efeito Hall ? Para isso não precisa nem cortar o trilho, simplesmente cole o sensor por baixo da pista.
Pode usar um sensor simples que detectará o campo magnético do motor ou usar um sensor analógico proporcional com um pequeno imã ao lado (não muito forte), de forma que quando o carrinho passar por cima do ponto, a deformação causada no campo magnético pelo chassi do carrinho seja detectada pelo sensor Hall (exatamente da forma como você é multado em lombada eletrônica… heheeh).
E, se enveredar por esse caminho, pode até acabar com o sensor de uma vez e ter duas bobinas, uma alimentada com corrente DC e a outra ligada a um circuitinho detector de tensão. Só haverá tensão na segunda bobina quando algo (o chassi de aço) perturbar o campo magnetico da primeira. O unico problema nesse ultimo esquema é que você desperdiça energia para alimentar a primeira bobina.


#10

Fiz um circuito aqui usando um octoacoplador EL817 para isolar o circuito, e gostaria da ajuda de vocês. No lugar da chave será o deadstrip. Idenpendente da tensão e corrente que o motor gerar quando passar pelo deadstrip, que creio que deverá ser na casa de 14V o diodo zener retificará para 5V. Como os motores trabalham com correntes mais altas, eles irão apenas fechar o circuito. Ainda poderia colocar um capacitor em paralelo com o motor e um diodo para eliminar a corrente negativa caso apareça. A fonte de alimentação que usarei será de 12V e 1A. O que acham?

Ainda não fiz o teste no ambiente real, só no protoboard, mas está funcionando bem.