Insumos adequados para altas temperaturas


#1

Sou médico e preciso confeccionar alguns utensílios instrumentais que suportem esterilização em autoclave com temperatura úmida de 134 graus centígrados por tempo médio de 15 a 30 minutos e que essa esterilização possa ser repetida sem deformação da peça.


#2

Olá, não entendo da área mas, neste artigo, encontrei uma tabela que lista o comportamento da resistência de diversos tipos de plásticos contra 5 tipos de esterilização (incluindo autoclave). Espero que ajude, apesar de não saber se você vai trabalhar com plástico.


#3

Mande usinar em aço inox (ABNT NBR ISO 7153-1:2006 Versão Corrigida 2:2010 )
Para plasticos (ensiger)
(roechling)


#4

Com certeza sksdutea, preciso trabalhar com plástico- creio que termoplástico.


#5

São instrumentos algo irregulares e a impressão em 3D é o que tenho buscado.


#6

Existem tornos CNC de mais de 14 eixos, falo isso, pois para sua aplicação você necessita de algo definitivo. Pode dar mais informações sobre o instrumental em questão?
No Brasil desconheço, mas nos EUA, por exemplo onde esta industria está muito mais avançada não existem objetos de utilização médica que saem de uma impressora 3D (convencional) para o paciente, o que é feito é um molde em 3D e então finalizam com plastico injetado adequado, justamente devido as propriedades que você está procurando.
Em relação a esses plásticos que saem direto de impressoras 3D a stratasys possui um com 5 selos de aprovação (plastico bio compativel), mas você precisará comprar a impressora deles que custa em torno de meio milhão mais o material que custa em torno de dez mil o kilo.
Feito em cnc 5 eixos:


#7

O problema Tomaz, é que se fosse para produção em larga escala o plástico injetado seria uma boa Tanto o plástico injetado quanto a usinagem ficam caros para uso pessoal.
Estou para testar uma impressão em nylon para ver se suporta a temperatura de autoclave.


#8

@PauloMaciel Segundo a tabela que eu passei no primeiro link: O Nylon6 / Nylon66 (PA6 / PA66) aguentam de forma razoável a autoclave, isso quer dizer que, com o tempo a peça tem grandes chances de sofrer deformação, pelo menos foi isso que eu entendi por “fair” (razoável).

Já o Nylon12 / Nylon 6/12 (PA12) foi marcado como “poor” (pobre), logo não é aconselhável, com certeza a peça deformará.


#9

Nylon6 e 6.6 é o que se encontra geralmente por exemplo no mercado livre, já comprei um tarugo para fazer um fuso
nylon6


#10

Excelente está tabela.
Verei o que posso encontrar no Brasil
Obrigado


#11

Boa noite pessoal.

Analisando a tabela fornecida pelo Sksdutea, percebo que PEEK, PRA, E PDM, ECTFE, ETFE, FEZ, PPA, PVF, PVF2, LCP, PPA, PSF, PP, POM,
são os polímeros que suportam autoclave.
Acredito por existir peças em PEEK usadas na medicina no Brasil esta deva ser a mais adequada, porém não encontro filamentos 1,75 mm no Brasil e não consegui um fornecedor da matéria prima para que um fabricante brasileiro produza o filamento.
Alguém pode me ajudar a localizar ou o filamento pronto ou a matéria prima de PEEK no Brasil?


#12

#13

3Dfila só produz ABS e PLA.


#14

Entre em contato para ver a possibilidade de produzirem um lote para você do polímero especifico.


#15

Ok Thomaz…
Já havia entrado em contato mas me parece que não conseguem resolver…


#16

Talvez a melhor opção seja importar o filamento, nós avise depois qual foi sua solução.


#17

Tente com esta empresa: http://www.isolaplast.com.br. Grato.


#18

Ok…
Estou tentando a importação
A isolaplast tem o PEEK mas somente tarugos de 5,0mm
Não serve para reprocessar e fazer 1,75mm - Dificuldades técnicas na 3dfila.