LoRA WAN ou SigFox


#1

Alguém tem alguma experiência com LoRA. Pode ser com Arduino ou Raspberry-Pi. Ou então com SigFox. A SigFox já tem representante no Brasil e tem rede no Rio de Janeiro (cobrindo a cidade toda) e uma pequena parte na cidade de São Paulo. Mas ainda não descobri quais as placas a se comprar (aqui ou importadas). Buscando alguém que possa dar algumas orientações. Obrigado.


#2

@abreups qual o seu interesse nesse tipo de rede?

Fale nos mais, pode ser que possamos ajuda-lo de outra forma.

Abraços.


#3

Meu interesse é conhecer a tecnologia. Ser capaz de fazer duas “coisas” se comunicarem via LoRA WAN ou SigFox. Não estou tentando resolver um problema propriamente dito.


#4

Bom @abreups tenho pouco conhecimento nessas duas tecnologias.

O que eu sei é que a rede SIGFOX emprega alguns dispositivos que já estão desenvolvidos, homologados e adequados a esta rede, ou seja, estão preparados somente para se comunicarem por essa rede e obrigatoriamente você tem que estar associado a uma rede da SIGFOX. Claro são todos importados ainda e pelo que andei sondando ainda estão sendo homologados pela ANATEL.

Creio que o custo da rede SIGFOX para seu interesse seja alto, uma vez que nada nesse mundo é grátis, me perdoe se eu estiver equivocado quanto a isto.

O benefício que eu vejo em uma rede LORA é que ela é uma rede aberta, bem documentada e fica mais fácil de você desenvolver algo de maneira maker ou DIY.

Módulos que usam o SX1276 da Semtech são facilmente encontrados em sites como eBay ou Aliexpress bem baratos e já encontrei alguns projetos de gateways LoRa baseados em Raspberry ou Arduino Mega nessas andanças pela web.

Inclusive já existem alguns projetos no GitHub de servidores de rede para o LoRa/LoRaWAN.

Estou há algum tempo estudando essas duas tecnologias e, sem querer puxar a brasa para uma das vertentes, decidi me dedicar ao estudo da rede LoRa, porque eu estou partindo do zero em meus projetos e fico mais a vontade quanto a isto.

Atualmente estou finalizando um estudo para iniciar o desenho de um gateway LoRa. Depois desse projeto vou iniciar um segundo projeto que é o desenvolvimento de um módulo LoRa que possa ser acrescentado em qualquer circuito que eu deseje fazer o sensoriamento remoto.

Meu conselho é que você colete material acerca das duas tecnologias e se decida qual seria a mais adequada aos seus propósitos de projeto e se seu inglês não estiver tão enferrujado quanto o meu aconselho a leitura dessa pagina comparando as diversas redes para IoT.

  • Não caia na parcialidade da matéria, procure, estude e se informe bem.

Ainda estou no início da minha jornada, mas se precisar de alguma ajuda com a tecnologia LoRa me sinalize.

Abraços.


#5

@WagnerB, muitíssimo obrigado pela resposta. Eu também acho o LoRA mais adequado aos meus propósitos porque não quero ficar amarrado a pagar pelo uso da rede SigFox. É que até agora eu vi zero movimento de LoRA no Brasil enquanto a SigFox já tem representante e rede implantada. Pena.
Você se importaria de me dar a dica de qual placa comprar?
Quero conectar dois dispositivos sem precisar de um gateway.
Entendo que seja possível, mas estou com medo de comprar coisas pelo eBay e chegar aqui e não me servir pra nada.
Qualquer orientação seria bem vinda.
Aliás, você não tem um blog onde você vai postando suas descobertas. Ajudaria muuuuito a comunidade brasileira.
Abraço,

Paulo Abreu


#6

@abreups,

Estamos ai para ajudar.

A questão de ainda não existir rede LoRa no Brasil creio que seja uma questão de tempo e assimilação da tecnologia. A Artimar, que representa a Microchip, vem tentando emplacar esta tecnologia através de um módulo LoRa (RN2903), inclusive tem apresentado alguns webinars sobre este assunto.

Mas vamos lá. Você colocou uma questão bem importante sobre conectividade da rede LoRa.

Não dá. Uma rede LoRa tem um agente no meio do caminho que é o responsável pela comunicação do dispositivo LoRa com outro agente que é o servidor da rede.

Isto por dois motivos. O primeiro é que o dispositivo, para o principal uso do LoRa, é a economia de bateria e por isso a potência de transmissão tem que ser baixa. Dai é necessário um agente no meio do caminho que é o gateway. Isto faz com que os dispositivos estejam mais próximos do gateway.

O segundo é que o protocolo LoRaWAN não é um protocolo propriamente, ele implementa uma camada denominada MAC de troca de mensagens. É como o TCP sobre o IP e como ele não é um protocolo roteavel pela internet ele precisa de uma camada que faça esse trabalho.

O gateway faz esse trabalho. O gateway recebe os pacotes do dispositivo LoRa e encaminha, via internet, para um servidor de rede LoRa.

O servidor por sua vez, identifica e verifica se um determinado dispositivo pode acessar a rede e busca para qual aplicação os pacotes serão encaminhados. A aplicação seria por acaso um aplicativo que lê a temperatura de diversos sensores instalados.

A topologia seria assim.

O grande lance de uma rede LoRa é sua permeabilidade no meio urbano ou rural, porque a infraestrutura é pouca e pouco dispendiosa e, portanto, fácil de espalhar.

Para um dispositivo falar com outro creio que o melhor é não usar LoRa, mas se tem em mente uma automação residencial, por exemplo, não é muito difícil de implementar usando LoRa.

Veja este projeto.

Ele implementa um sensor de temperatura no exterior da casa. Acho que é um começo e ele usa LoRa dos dois lados. O gateway seria algo como o corriqueiro modem WiFi padrão. E o servidor de rede LoRa está também implementado no gateway. Ele fez um dois em um, rs.

Nos dispositivo e no gateway ele usa os modulos da RFM (www.hoperf.com)

Com relação a escrever um blog o problema mesmo é a minha falta de conhecimento. Ainda estou estudando a rede LoRa e pode ser que eu um dia faça algo a respeito. E obrigado pela sugestão.

Espero ter ajudado.

Abraços.


#7

@WagnerB, O Vidal Pereira da Silva Junior é um cara que está trabalhando com LoRA há algum tempo. Ele publicou alguns vídeos no YouTube sobre o assunto, mas ele apenas mostra o resultado, não divulga os detalhes de como fez :wink: (Acho que o que ele quer mesmo é vender treinamento com essa informação).

Nesse vídeo https://www.youtube.com/watch?v=1DWMBu2Icn0 ele faz a comunicação entre devices sem usar um Gateway. Não sei quais as limitações que isso implica, mas para uma comunicação bem simples me parece que é possível.

Coincidentemente recebi hoje um junk mail da Embarcados falando de uma placa para LoRA: https://www.embarcados.com.br/ferramentas-de-desenvolvimento-para-lora-e-fskook-na-mouser/?utm_source=nl-mouser-pat-17&utm_medium=e-mail&utm_campaign=Newsletter%20Mouser%20Patrocinado%2017

Mas ainda estou atrás de um tutorial que me diga: compra essa placa aqui, use esse código aqui e “faça o LED piscar”. Se souber de algum, me avisa!
Abraço.


#8

@abreups,

A afirmação que fiz foi para uma rede de grande abrangência. Para esses casos realmente não dá para fazer uma comunicação ponto-a-ponto com LoRa. No caso são diversos dispositivos com um finalidade em si e diversos dispositivos com finalidades diferentes na mesma rede.

No final do meu post eu indiquei um link com um projeto onde a aplicação é ponto-a-ponto do jeito que você colocou.

Lembre-se que LoRa é a técnica de modulação apenas. Caracteriza como o rádio espalha o sinal pelo ar.

E LoRaWAN é o protocolo da rede que implementa como as mensagens devem ser trocadas.

Creio que o primeiro passo é você escolher uma plataforma de desenvolvimento (Arduino, Raspberry, etc.) e depois começar a pesquisar os módulos LoRa. Cuidado que alguns módulos não tem um controlador embutido e isto vai exigir que você configure o modem LoRa.

Dá uma olhada nesses links no Instructables.

Abraços.


#9

Excelente, @WagnerB! Obrigado pelos links para os artigos. Vou dar uma olhada e ver se já da pra começar a brincar.
Por curiosidade, você já comprou alguma placa e montou algum circuito funcional?


#10

@abreups, já comprei um módulo “chines” para aprender a configurar LoRa, rs.

O módulo é esse ai da HopeRF (RFM95/96)

Como eu disse meu interesse é em aprender sobre essa tecnologia e por isso não pensei ainda em aplicações práticas, mas como eu quero desenvolver preferi não me ater a placas/módulos como o RN2903 ou outros semelhantes.

Não falamos sobre o seu nível de conhecimento em eletrônica e programação, mas o melhor é você não perder tempo com configuração de módulos e partir para shields/módulos para Arduino.

Já existe uma boa quantidade de placas para Arduino e creio que vale a pena tentar com qualquer uma que esteja dentro de uma relação legal de custo x benefício.

Abraços,


#11

Obrigado.
Aliás, dá uma olhada nesse Meetup que vai ocorrer dia 14-junho-2017:


#12

Valeu @abreups obrigado pela dica. Vou tentar participar.

Abraços.


#13

Pessoal, em www.lojarf.com há módulos LoRa da HopeRF e gateways (e módulos) LoRaWAN da RisingHF.