Sensor Ultrassônico - podemos mudar a frequência?


#1

Olá!
Meus alunos de robótica estão fazendo um projeto para evitar colisão de pássaro em janelas. Eles estão utilizando Arduino Mega e sensor ultrassônico. Gostaríamos de saber se há a possibilidade de regular a frequência do ultrassônico. Você postou que a frequência seria de até 40 KHz. É primeira vez que estamos utilizando um projeto com Arduíno e somo muito leigos no assunto. Agradeço a colaboração.
Att
Regina


#2

Isso depende de qual sensor você está usando. Se estiver usando o clássico HC-SR04, não tem como mudar a frequência… Eles vai enviar 8 sinais a 40kHz (ver datasheet: http://www.micropik.com/PDF/HCSR04.pdf)


#3

Bom dia a todos!
Aproveitando o tópico “ultrassônico”, queria pedir uma ajuda aos participantes…Seria possível usar o sensor ultrassônico HC-SR04 para medir a absorção do som por determinados materiais?


#4

@Marcos1
Huum, tipo a potencia do sinal refletido. Existe já uma norma que define os coeficiente para certos materiais NBR-101 (coeficientes de isolamento acústico).
Esse coeficiente varia por frequência e material (metais vão refletir ultrassom enquanto tecidos vão absorver), ou seja, você só irá medir na faixa especifica de 40kHz. Se ainda quiser continuar com a ideia eu diria que é plausível medindo razão da potencia refletida pela potencia enviada .
Ps.: cuidado com ultrassom


#5

Oi Thomaz,

Obrigado pelo retorno!
O brigado também pelo material sobre o PIR.

As informações que você passou confirmam o que nós estávamos imaginando, tanto com relação ao PIR, quanto ao sensor ultrassônico.

Eu trabalho na Embrapa que desenvolve pesquisa agropecuária, minha área é administrativa mas estou tentando resolver uma certa demanda de uma determinada agroindústria .

Quem sabe não montamos uma parceria?

Vamos aos pontos:

Surgiu uma necessidade/ ideia de se estimar o peso de suínos de forma rápida, sem tocar nos animais, de preferência a certa distância …Isso seria muito útil para produção de carne suína.

Em teoria, o sensor PIR seria promissor, podendo mostrar a radiação infravermelha dos corpos, o que seria proporcional ao volume do corpo.
Usar o projeto pronto do Arduino seria muito prático, mas c omo você mesmo disse, a saída é sempre sim/ não.
Realmente se ligarmos um multímetro aos terminais do PIR, teremos uma resposta analógica que só precisaria ser amplificada.

Quanto ao ultrassom…S eria outra possibilidade se calculássemos o som total absorvido/ refletido pelo animal e o relacionássemos com volume/peso…

Não sei se o que estou escrevendo está claro, mas resumindo:

Precisamos de ajuda para montarmos um protótipo com PIR ou pode ser com o sensor u ltrassônico, qual você acha mais adequado?
Isso para medir o peso dos suínos, sem tocar neles - Seria apontar e obter o valor do peso.

Gostaria de saber se você tem interesse e conhecimento em eletrônica para esse projeto?

Obrigado…

----- Mensagem original -----


#6

Bom dia! Qual seria o melhor sensor ultrassônico a usar então?
Qual o raio de ação do sensor ultrassônico?
Percebemos no projeto que se usarmos só o ultrassônico a ação dele seria mais linear, ou ele tem mais alcance nas laterais. ou um sensor de presença ajudaria o alcance das aves neste projeto dos meninos, das aves não colidirem em prédios com vidraças ou vidros espelhados?
Agradecemos a colaboração

Equipe SerraTec NASA
Macaé/RJ


#7

bom dia Regina, não ficou muito claro qual seria o proposito do sensor ultrassônico nesse projeto, seria espantar as aves utilizando o ultrassom? ou detectar a aproximação das aves e tomar uma ação a partir dessa informação?


#8

O ultrassônico detecta o pássaro, e emite um som para que o mesmo não se choque nos vidros da janelas. O projeto de pesquisa deles é proteger o animal evitando a colisão destes nas janelas, pois bilhões de pássaros morrem todo ano devido a esta problemática.


#9

Então Regina, pra saber o melhor sensor que você deve usar, você irá precisar fazer uma pesquisa e ver qual o mais adequado pro que você quer fazer.
Vale a pena dar uma olhada no datasheet do sensor que lá tem várias informações interessantes.[quote=“Regina, post:6, topic:3687”]
Qual o raio de ação do sensor ultrassônico?
[/quote]
No datasheet do HC-SR04 tem uma tabela, com título Electric Parameter, com várias informações… dentre elas:

Max Range: 4m
Min Range: 2cm
MeasuringAngle: 15 degree

Em uma rápida procura no google, encontrei esse sensor (https://sick-virginia.data.continum.net/media/pdf/9/69/369/dataSheet_UM30-215113_6036920_en.pdf) com um alcance de até 8 metros.

Enfim, descobrir o melhor para o seu caso precisa de uma pesquisa!

Abraços


#10

Obrigada! Vamos pesquisar! Abraço


#11

Oi Regina!
O ser humano consegue ouvir até 20kHZ. Têm pássaros que podem ouvir até 60kHZ (acho!).
Outros animais também escutam nessa frequência (cachorros até 25/30 kHZ).

Os aparelhos usados para esse fim (repelentes) possuem Tweteers potentes mas não sei se com esse sensor HC-SR04 você vai conseguir o alcance necessário!?

Quem sabe não seria o caso de fazer um projeto novo (com esse fim) para usar no Arduino? A empresa em que eu trabalho teria bastante interesse nessa ideia

até…


#12

@marcos1 Estou me afastando da eletrônica, mas ainda posso compartilhar minhas ideias. Para pesar o animal não recomendo nenhum dos dois.
Trabalhei com automação industrial e o minério é medido nas correias muitas vezes com um sensor volumétrico 3D. Aqui está a empresa em que vi o sistema: LLK Existem muitas empresas de automação industrial que devem fazer o que você quer.

Sim, mas se o animal estiver mais agitado, doente ou o dia estiver mais frio por exemplo? Seria uma ideia interessante em um ambiente altamente controlado.

sim é plausível, mas o “couro” absorve muito o que você estaria medindo seria a densidade superficial do animal

que exagero, fui pesquisar e realmente chega na casa do bilhão

em uma aeronave ou objeto em movimento teria-se o efeito doppler no caso de sensores ultrassônicos, em uma aeronave a 700km/h isso seria considerável. Para detectar seria melhor um PIR por exemplo.

a potencia é de 130dB


#13

Oi Regina!
Desculpe-me por ter demorado tanto tempo…Esse tema não é da minha “área”, mas me interesso porque pode ser útil no meu trabalho.

Vou fazer um comentário sobre Watts e decibéis, conforme meu entendimento:

Os dois estão relacionados a mesma grandeza (potência = energia pelo tempo)…Acho que é isso!
Mas os decibéis estão atrelados a uma unidade de referência e o Watt é que realmente deve ser usado como medida de potência. Em outras palavras (como leigo) o sensor HC-SR04 pode fazer um ruído que incomoda bastante, mas só tem alcance de até 4m. Se você tiver um tweteer potente ele pode alcançar centenas de metros!

Regina, gostaria muito de manter contato com vocês por causa desse projeto sobre repelente.

Nesse caso, para espantar os pássaros, talvez a melhor opção seja emitir sons pouco acima de 20khz (teria que fazer um outro projeto ligado ao Arduino), com bastante potência e intervalos curtos. ligado direto.
O objetivo é assustar os pássaros do local e evitar a proximidade deles.

Pelo menos em teoria!

até


#14

Oi Regina!
Só para complementar…Se o seu objetivo não é afastar permanentemente os pássaros daquele local determinado, aí seria um desafio maior!

Acho que o problema de se usar o HC-SR04 é o alcance dele. Quatro metros para detectar o pássaro e espanta-lo, não sei não! Além do susto do ultrassom ele iria bater no vidro de qualquer jeito.

Nos aeroportos é muito comum, quando observados pássaros próximos a pista ou em local que ofereça risco para aviação, a administração usar um carro com sirene ligada ou fogos de artifício que vão ter o propósito de assustar temporariamente.

Até…


#15

Curiosidade: Eles também utilizam falcoaria para afastar pássaros nos aeroportos

potencia sonora* em um metro de distância

Esse site vende aparelhos para tal finalidade, pode-se ver as especificações para ter uma ideia:
bird-x