Sensores para Foguetes de garrafa PET


#1

Olá, pessoal.

Sou professor de Física e faço com os meus alunos de Ensino Médio um projeto de foguetes de garrafa PET para estudarmos lançamento oblíquo e conceitos de gravitação no 4º período. Eles são alunos do curso integrado de Informática, então já programam em certo nível e vários têm familiaridade com arduínos. Estou apresentando um projeto para concorrer a recursos e adquirir equipamentos para medirmos ou posição ou aceleração dos foguetes durante o voo. Os foguetes são lançados com ângulo de 45º e estamos interessados no maior alcance possível, que estamos conseguido entre 50 e 100 metros com combustível de vinagre e fermento.

Temos várias placas arduíno de diferentes modelos disponíveis, mas nenhum sensor que seja útil a esse projeto e, de todo modo, posso incluir as placas no pedido. O problema é que eu não tenho muita familiaridade com os equipamentos e tenho receio de pedir itens que não servirão para os propósitos do projeto, por isso consulto o fórum.

Que itens seria interessante eu colocar no projeto para conseguir medir instante a instante a posição ou a aceleração do foguete? Não tenho problema em colocar sensores nele e proteger esses sensores contra o impacto, mas também não pode ser algo de tamanho muito grande. Penso que o tamanho de um a três ovos nós conseguimos colocar no foguete sem problemas.

Obrigado.


#2

Ola Alysson, tudo bem? Muito bacana o projeto! Lembro da minha época de escola, que tinha uma competição de foguetes de garrafa PET com água pressurizada.

Você pode usar um módulo que tenha acelerômetro e giroscópio, como o MPU-6050. Mas o ideal é um que tenha também magnetômetro, pois assim você consegue também obter a direção do foguete em relação ao Norte, e o magnetômetro compensa alguns desvios na leitura do acelerômetro e giroscópio. Além disso, você precisa de um módulo SD para gravar os dados.

Enquanto um Arduino com esses dois módulos pode resolver seu problema, há também placas como a Teensy 3.5 que já tem isso tudo nela, sem precisar dos módulos separados, além de ser compatível com Arduino.