Uso dos pinos de 5v no Raspberry Pi 2


#1

Caros amigos, recentemente ganhei alguns módulos (projetados para Arduino) e vi que posso utilizá-los no meu RPi2 e que o mesmo possui 2 pinos com saída de 5v e vários pinos tipo GND. Testei com sucesso aqui a ligação de um dos módulos (receptor IR + controle remoto) utilizando esse pino de 5v do RPi2, porém, quero ligar os dois módulos na placa, sendo que os módulos são:
1 Módulo IR com controle remoto (para receber os comandos);
1 Módulo com 2 relés

Ambos os módulos trabalham com 5v e a minha principal questão é: Eu preciso ligar cada módulo em uma das saídas de 5v do RPi2 ou posso utilizar apenas um pino de 5v para alimentar os 2 módulos em uma protoboard?

Agradeço desde já a atenção dispersada :blush:


#2

Entendo que depende do dreno de corrente dos módulos.

A voltagem é a tensão (medida em Volts - V), se relaciona à “força” com que a corrente (medida em Amperes - A) é “empurrada” e não à alimentação propriamente dita, esta é feita pela corrente.

Você deve verificar quanta corrente é necessária para fazer com que os seus módulos funcionem e verificar se isso não vai drenar toda a capacidade do pino, se isso ocorrer, teremos um pino queimado ou, dependendo da situação, até danos na própria placa.

Este documento, na seção RPi GPIO input voltage and output current limitations esclarece alguns pontos sobre esse isso, por exemplo: O pino de 3.3V está regulado para prover até 50mA e você não deve demandar mais que 16mA de cada pino. Sobre os 5V ele não esclarece, mas deve estar na mesma faixa de 50mA, mas não posso ser preciso nesta informação, cabe uma pesquisa melhor antes de fazer qualquer coisa.


#3

Obrigado pela resposta, @sksdutra!! Estou estudando mais um pouco aqui porque me parece que a coisa é um pouco mais complicada do que parecia… e encontro muita informação cruzada na Internet… Alguns dizem que posso usar os módulos em questão… outros dizem que não posso usar… Minha cabeça tá uma bagunça, então, antes de tentar fazer alguma coisa e perder minha RPi2, vou tentar estudar bastante pra entender isso tudo direitinho :smile:

Valeu mesmo pela força! :smile:


#4

Olá,

Tive pesquisando algo parecido o máximo que encontrei em vários lugares foi algo assim:

"Power pins (physical pins 2 and 4) can be used to supply voltage to your electronic. The current supported by the 5V pins are more or less limited by the power supply unit of the RPi board. The RPi board requires around 700mA. So if you have a 1000mA power supply unit, the 5V pin can supply up to 300mA. Enough for 10 LEDs or for few cooling fans…"
http://www.geeks3d.com/20150327/meet-the-raspberry-pi-gpio-connector/

e

"The board uses approximately 700 mA from the +5 V supply. You may draw current from the +5 V pins provided the sum of your current and the board’s 700 mA can be provided by the supply you provide to the board."
http://www.mosaic-industries.com/embedded-systems/microcontroller-projects/raspberry-pi/gpio-pin-electrical-specifications

Bom até aqui tudo bem… mas qual é o máximo suportado? 500mA? 700mA? 800mA? Essa informação não encontrei.

Abs…


#5

Olá @carrera, pelo que andei lendo esses dias (e não foi pouco), o máximo suportado pelo Raspberry Pi 2 é 5V e 1.2A, pois existe um fusível que não é desses que “quebram”, mas somente esquenta e desliga o Raspberry Pi 2 caso algo faça ele exigir mais corrente do que foi planejado para suportar, logo, o máximo de corrente que você pode ter passando pela placa é 1.2A. Caso você exija mais que 1.2A do RPi2 e ele desligue, basta aguardar algumas horas e poderá voltar a utiliza-lo sem problemas. (Eu juro que estou tentando lembrar o nome do fusível que faz isso, mas como não entendo NADA de eletrônica, tá complicado)

O próprio Rapsberry Pi 2 consome cerca de 700ma de corrente para o próprio funcionamento, sendo assim, sobram 500ma para alimentar os pinos GPIO E as portas USB.

Me desculpe por não ter a informação precisa aqui agora… eu perdi o link no meio do monte de coisas que andei lendo mas uma hora eu vou achar e volto aqui pra postar a informação com bastante precisão. Sei que foi em algum link de documentação bem parecido com o que você postou.


#6

@carrera cá estou novamente… tá complicado… agora já achei no site oficial que o máximo é 1.8A.

E encontrei esse hack para dar mais corrente ao RPi2…

Rapaz… tá complicado lidar com tanta informação cruzada hahahahahaha


#7

Calma, a questão é o seguinte: Diferente do 3.3V, que é regulado para o máximo de 50mA, o 5V não é regulado, mas tem uma questão que precisa ser vista: O que você pode utilizar no 5V é o que sobra de toda a drenagem do RPi, ou seja, ele pode até prover 1A, mas só RPi para funcionar deve usar uns 200mA a 300mA, então sobra uns 700mA, mesmo assim, se você ligar vários periféricos, cada um irá drenar a sua parte, o que sobra, então você poderá utilizar nos módulos.

Mas com essa informação que o 5V não é regulado, é bem provável que você possa ligar tranquilamente os seus módulos, de qualquer forma, mesmo que não pudesse, poderíamos usar um transistor de potência, porém cabe sacar um multímetro para tirar a dúvida.


#8

Muito obrigado @sksdutra!!

Por enquanto aqui eu fiz o seguinte… como meu projeto é bem pequeno e utiliza apenas um módulo com 2 relés e um módulo para receptor IR, liguei o módulo para relé no pino de 5v do RPi2 e o módulo para IR no pino de 3.3v do RPi2, já que o problema maior era o módulo de IR que, segundo a especificação, retornava até 4.5v no pino de dados e isso poderia danificar o RPi2 e me aconselharam a ligar esse módulo direto na 3.3v para evitar esse problema. Tudo está funcionando perfeitamente e já estou empolgado aqui pra criar mais projetos usando meu RPi2 e até mesmo comprar um Arduino! :smiley:

Obrigado pela ajuda de todos!