Alimentar o Arduíno com células 18650

Boa tarde, pessoal.

Tenho aqui algumas células 18650 e gostaria de usá-las para alimentar o Arduino, mas tenho medo de danificar a placa.
Qual a tensão e a corrente máximas que posso utilizar sem o risco de causar danos?
Pensei em usar duas em série, fornecendo 7,4V e 3A, mas não sei se é muita coisa.
Trata-se de um Arduino UNO genérico.

Valeu, pessoal!

Dá para usar em série com um regulador low drop ou conversor step down. ou eventualmente em paralelo com um conversor step up (do tipo usado em power banks para recarregar celular).
Mas MUITO cuidado antes de carrecar células de Lítio. Informe-se bem primeiro, pois Lítio não tolera desaforo, e se vinga botando fogo na sua casa…:skull_and_crossbones:

1 Curtida

Quanto ao regulador e ao conversor: devo pesquisar por alguma especificação distinta ou a coisa é meio genérica?
Quanto a carregar as baterias, fica tranquilo. Tenho aqui o módulo carregador com as proteções para sobrecarga e tudo mais. Demora uma eternidade, mas vai.
No mais, falando de tensão e corrente, qual o limite (ou o ideal) para o Uno?
Obrigado.

Nada específico. A tensão de saída precisa ser a tensão de alimentação do Arduino.
A corrente depende muito do que estiver “pendurado” nele, pois creio que o Arduino em si precise de menos de 1A (não sei as especificações exatas, não lido diretamente com Arduino, mas comecei a aprender eletrônica na década de 70… :rofl:).
A tensão precisa ser respeitada, quanto à corrente, normalmente quanto mais melhor, uma vez que quem determina a corrente são as cargas acopladas à fonte que consumirão energia.
Corrente DE MENOS em uma fonte é sempre um problema sério, pois causa instabilidade de tensão, ou mesmo o desarme ou queima da fonte e/ou do circuito.
Capacidade de corrente “DE MAIS” não influi em nada, pois quem “puxa” a corrente é a carga. Assim, uma fonte de 12V 1A é insuficiente para acender uma lâmpada de farol de automóvel, mas uma fonte de 5V e 5000A pode tranquilamente carregar um celular…

Cara, sua resposta me deixou com outra dúvida: Pelo que li, o Arduíno UNO pode ser alimentado com tensão de 5V até 12V, e pelo que você falou a corrente mais elevada não é um problema. Já que o resultado das baterias em série será de 7,4V com 3A (dentro das especificações da placa), qual a utilidade dos componentes que você indicou?
Não estou bancando o teimoso, sou iniciante e não manjo desses componentes, e quero compreender o funcionamento da coisa toda.

Obrigado.

Dúvida excelente ! A “utilidade” ou não dos componentes depende das características do que você vai alimentar.
Como eu disse, eu não conheço os detalhes do Arduino, então teria de consultar o datasheet do modelo especifico para ter certeza. Se ele aceita de 5 a 12, deve ter regulador interno e portanto aceita as baterias em série sem problemas e sem elemento intermediário.
Nesse caso, não se esqueça de proteger as células de descarga excessiva.
E cuidado para não confundir capacidade de armazenamento de uma bateria com capacidade de descarga. A capacidade de armazenamento te diz quanta energia a bateria pode armazenar (pressuponho que pela sua informação, seja de 3Ah (ampére-hora). A capacidade de descarga é a corrente que você pode drenar de forma continua sem danificar a bateria (e isso depende do tipo de bateria).

Carreguei todas as células que tenho aqui e, no multímetro, bateu 4V e 4A. Ligando em série terei os mesmos 4A e 8V, o que ainda está dentro das especificações da placa.

Vou arriscar. Se o Arduino for para o espaço (já me conformei com o primeiro que se foi), compro mais um e vida que segue.

Depois que eu testar posto aqui o resultado, mas imagino que será tranquilo.

Obrigado mais uma vez, @Ludicon!

Tenho aqui o módulo carregador com as proteções para sobrecarga e tudo mais.
cuidado , com proteçao de carga vs proteçao de uso.

segundo, pelo pino “vin” ou pelo connector de barril, tem que ser 7v-18v porque passa pelo regulador , e ate 500ma - 800ma, dependendo de que fabrica o clone vem.

ja se tiver seu proprio regulador da bateria de 5v, pode ligar direto no pino 5v acho que ate 900 ma( ja alimentei ate 1.6 a)

idealmente no bms (battery management system)voce quer ter, over e under voltage, short circuit, over current