Construção de um relé caseiro


#21

Agradeço a ajuda e claro quando eu realizar as portas logicas sua assistência sera bem vinda.


#22

Eu fiz uma tabela da bobina pra ter uma visão mais ampla, uma ideia melhor do que está acontecendo. Acho que agora fica mais fácil o entendimento.


#23

@Chfr, chegou a contar quantas voltas deu nos 5m?


#24

Não, mas como eu usei um tubo de alumino daqueles de antena como carretel temporário e ele tem 10 mm de diâmetro e deixei 10 cm de fio de cada lado pra ligar a energia pelas minhas contas deu aproximadamente 480 voltas mas isso só na bobina de fio 32 por que a outra bobina esta montada em uma base de madeira apenas pra teste ela da varias voltas em um prego de aproximadamente 3 mm daria mais ou menos 1.600 voltas mas isso não é preciso.


#25

Carlo, por acaso dentro do tubo você coloca algum material ferromagnético, tipo uma barra de aço?

Abraços.


#26

Não, dentro somente o parafuso que prende a bobina na armadura, mas agora que você falou isso pode melhorar a bobina. Limalha de ferro ou algo de ferro pode funcionar, talvez ferrite ?


#27

Carlo, o material tem que ser ferromagnético então o ferrite não serve.

O material tem que partir do ferro e o ideal é que você preencha o vazio do tubo com algo do tipo. Uma barra de ferro (tipo vergalhão) com o diâmetro atual (10mm) é o ideal para o corpo da bobina.

E se você colocasse alguns pregos cortados dentro do tubo?

Já a limalha eu creio que quando você alimentar a bobina, pela física do campo magnético produzido, ela vai ficar alinhada com o campo. Tipo aquelas experiencias que fazíamos com o ima e limalha de bombril.

E dependendo da força do campo acho que a limalha pode até se espalhar.

Taí uma boa experiencia a se conduzir. Que tal produzir uma pasta com cola e limalha e preencher o tubo? Será que o campo magnético quando alinhado vai aumentar a força de atração do contato móvel?

Em substituto a cola também poderia se usar resina de poliuretano/epoxi com bastante limalha na mistura.

Abraços.


#28

Como ainda e um teste vou tentar de tudo. A barra de ferro pode dar certo mas eu teria que descobrir a melhor forma de prender na armadura. A limalha com cola pode funcionar então vou testar primeiro. como ele ficará vai depender de como eu prenderia a bobina na barra e a barra na armadura. Agora eu vejo como problema o carretel já que por enquanto é um tubo de alumínio mas não pode ficar assim, andei pensando em alguma coisa de plastico ate mesmo aqueles carreteis de linha de costura mas eles tem um diâmetro muito grande.


#29

Como o núcleo só tem um parafuso fino de uns 3 mm eu coloquei palha de aço dentro deu uma melhorada mas não foi muito então eu queimei a palha de aço ate obter um pó de aço, misturei com cola e vou esperar ganhar um pouco de firmeza mas acho que menos trabalhoso ainda seria usar uma barra de ferro como núcleo.Na verdade isso me deu uma ideia e se o núcleo tivesse um rebaixo ai ele poderia ser o carretel e o núcleo.


#30

Com certeza Carlo,

Se conseguir fazer um rebaixo na barra de ferro a estrutura ficará muito melhor e o campo magnético será mais forte, pois o alinhamento será melhor.

O único senão é a necessidade de um torno mecânico para fazer o rebaixo.

E se você fizer um tubo com papel tipo kraft (umas 2 voltas de papel impregnado com cola) em volta de uma barra de ferro de uns 5 mm de diâmetro e usar a barra para apoiar essa bobina no tubo de papel?

Acho que daria para criar o apoio em uma base (por um dos lados da barra de ferro) e manter a bobina frouxa na barra para posicionar.

To gostando da evolução, parabéns.

Abraços.


#31

Eu estou testando a ideia da barra de ferro acho que fica melhor e mais fácil eu prendi uma barra de ferro na furadeira não terminei por que demora sem ferramentas certas como faço mecânica essa parte para mim e fácil eu ate posso fazer um suporte para a furadeira e a precisão não seria o mais importante nesse suporte eu também posso prender a ferramenta claro não seria como um torno mas poderia funcionar arrumei um pedaço de bite de plaina acredito que vai ficar bom depois para prender eu pensei em bater a parte que se junta a armadura formando uma espécie de rebite. Agora acredito que vou ter ate mais precisão.


#32

Bom foi isso que eu consegui, não ficou perfeito e levou muito tempo (mais ou menos 3 horas) .Eu usei uma furadeira portátil, uma lima e um arco de serra. Não testei ainda no rele mas acredito que assim vai ficar bom, agora foi no improviso mas eu vou fazer uma espécie de torno copiador mas sem contra ponta e com a furadeira. A ferramenta também vai ter que ser de torno, na lima dá muito trabalho.


#33

Carlo, ficou ótimo.

Vou aguardar o resultado dos testes.

Abraços.


#34

Pra falar a verdade não mudou muito mas com esse núcleo pelo menos fica mais organizado. mas não consegui prender ele na armadura a ideia era prender batendo na parte de baixo mas quando bati ele começou a entortar acho que usei um aço ruim (aqueles eixos que tem nas impressoras), mas o núcleo tem chance de dar certo desta forma, o problema ainda é a bobina.


#35

Olá! Como o WagnerB já sugeriu…uma barra de vergalhão do tamanho apropriado, faz um furo central na barra, furo este da bitola de um rebite pop que vc tiver para fixar a barra à sua base. Lembre-se que a barra deve ter o diâmetro externo quase que o mesmo do diâmetro interno da bobina, pois quanto mais distante, mais isolado o campo fica da barra, perdendo força magnética. Abçs.


#36

Então eu fiquei muito tempo sem mexer com o projeto do relé mas agora espero terminar. Essa semana eu estou pesquisando novas formas de construção e fiz um novo protótipo

.

Este eu fiz a base com PVC e o núcleo de um prego (está preso por cola quente), o restante ainda é da mesma forma que o anterior.

Descobri por que o relé vibrava o comum basicamente era a fonte, de alguma forma a corrente estava chegando em pulsos e isso com qualquer uma das fontes que eu tenho, testei então com pilhas e deu certo (esse é um outro problema pra resolver pois não dá pra alimentar vários relés com pilhas, vou ter que encontrar uma fonte melhor).

Acho que por enquanto não vou mexer na base mas talvez mais pra frente eu mude a forma de “U” para somente uma chapa de PVC.

É isso basicamente agora é só diminuir o tamanho e resolver o problema da fonte e então descobrir a corrente que ele suporta, o que fazer pra bobina não esquentar, etc.