Sugestão para as Categorias


#1

Acho que existem duas categorias deveras muito específicas no fórum e, ao meu ver elas precisam ser modificadas, a saber: Arduino e Raspberry Pi.

Motivo: Elas são muito específicas, dão a entender que o fórum trata apenas dessas plataformas/sistemas específicamente e inibe usuários de outras a participar.

Fica muito confuso um fórum onde o usuário deseja falar sobre Microchip PIC e o tópico é categorizado como Arduino, quando o mesmo utiliza Atmel AVR ou deseja falar sobre Beaglebone e é forçado a categorizar o tópico como Raspberry Pi.

Entendo que a categoria Arduino deve ser convertida em Microcontroladores (ou MCU - apesar de entender o poder da marca Arduino como um belo chamariz) e Raspberry Pi deve ser modificada para Sistemas Embarcados (ou Embarcados/SoC).

Além disso, sugiro a criação da Categoria: Lógica Programável, para tratarmos de FPGA’s, CPLD’s e outros dispositivos dessa linha, assim como linguagens como VHDL, Verilog, MyHDL entre outras.


#2

@sksdutra, você tem razão. Este é um tema que tem me preocupado, qual a melhor “taxonomia” para o fórum.

O que posso fazer é criar categorias “Mãe” com você indicou… “Microcontroladores” e “Embarcados” e deixar Arduino, Raspberry, Teensy, PIC, BeagleBone, como sub-categorias. Assim teríamos o chamariz para SEO e marketing e uma taxonomia que faz mais sentido.

O que acha desta solução?


#3

Acho que é uma excelente solução, mas tendo em vista que o usuário é quem categoriza o tópico e só com categorias básicas já se nota certa dificuldade, me preocupa como ficaria com categorias+subcategorias, mas não saberemos se não testarmos.


#4

É ai que entra um time de moderadores e colaboradores. :wink:

Viu meu email para você?


#5

Sim, acabei de responder, pode contar comigo para o que for necessário.


#8

Achei bem interessante a sugestão para a mudança de categorias. Montei um circuito embarcado, com mcu pic usb e estou aprendendo bastante coisa. Daí eu queria abrir um tópico para postar alguns artigos e informações, mas não tem lugar.